Um dia em Vigo na Espanha

O que vou escrever aqui é sobre meu oitavo dia de viagem que foi no quarta-feira, 20/02, onde o destino desta vez não é mais Ourense, mas sim Vigo.

Vigo é uma cidade litorânea e com um porto bem diferente do que estou acostumada a ver em Recife. Saímos de casa umas 6h (se estivéssemos no Recife eu diria que eram 3h, quase não víamos uma pessoa na rua e não tem ônibus circulando essa hora) para ir a Estación de Autobuses comprar e embarcar no ônibus que sai as 7h para Vigo.

Chegamos por volta das 8:30 e seguimos nosso roteiro, primeira parada seria o Parque San Roque que fica duas ruas depois da Estación de Autobuses de Vigo, mas infelizmente estava fechado, parecia ser bonito e organizado la dentro.

    

Seguimos para a Plaza de España onde tem um monumento com uns cavalos, achei bem interessante.

    

Saímos do nosso roteiro por um momento porque Cintia lembrou de um monumento em homenagem aos pescadores que tinha numa rua próxima.

        

De lá seguimos para o O Castro, que é enorme, muitas coisas pra ver.

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

Fomos procurar uma Igreja que fica próxima a Rúa de Venezuela, achamos, era a Igrexa e Santuario Maria Auxiliadora. Finalmente vi uma igreja com uma luz boa pra ver as coisas e tirar algumas fotos.

    

    

    

Depois que achamos a igreja fomos procurar uma feira que tem muitas coisinhas da região, mas infelizmente não “funciona” na quarta-feira, assim como o museu da cidade que tivemos que tirar do roteiro por conta disso.

Mas enquanto procurávamos encontramos a Catedral de Santa Maria de Vigo, onde estava sendo realizada uma missa naquele momento é não pude tirar fotos dentro dela. Mas é muito linda.

    

Paramos no Media Markt, algo que parecia um shopping no porto. Olhar para o shopping e depois para o porto é bem estranho, uma mistura de épocas que pra mim não combina muito.

    

    

    

    

Caminhamos pela calçada do porto que tem uma vista linda e bem agradável, de um lado os barcos e muita água do outro um parque que deve ficar lindíssimo quando não está no inverno. A estátua em homenagem a Júlio Verne é muito interessante e claro que tinha que tirar fotos.

    

    

Andamos por toda Plaza de Compostela e também pela Plaza de Estrela, elas ficam uma ao lado da outra, até parece mais uma praça só.

    

    

    

    

Fomos atrás de uma igreja que vimos pelo mapa parecia ser perto de onde estávamos, mas quando chegamos até ela foi uma decepção, olha a foto:

    

Eu esperava encontrar uma igreja, como as que geralmente vejo e acho lindas, mas essa era um prédio com o nome ‘Igrexa’ na frente. Quase passávamos direto.

Passamos pela Plaza de Portugal que, comparada as outras praças que passamos, era bem pequena, mas muito bonita.

    

    

Depois andamos mais um pouco pela cidade e voltamos para Ourense antes de anoitecer.

Para ver todas as fotos que estou tirando vocês podem acessar o link do álbum no Flickr.

Durante 10 anos trabalhei como Administradora de Sistemas / DevOps no CESAR e hoje trabalho como Analista de Segurança na In Loco e, mesmo gostando pra caramba da área que segui profissionalmente (pois não há nada melhor do que trabalhar naquilo que gosta e sente prazer em fazer) também gosto muito de outras coisas como por exemplo, cozinhar e viajar. Por conta desse gosto que tomei por cozinhar nasceu o Metidos a Chef, que começou como um grupo no Telegram onde eu e alguns amigos trocávamos fotos de pratos que estávamos fazendo, só que a ‘coisa’ evoluiu e decidi criar um blog para que as receitas pudesse ser compartilhadas com outras pessoas também.
Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *